Manuais/Hacklaviva

Da Hacklaviva

por

gal

eus

cat

spa

eng




Tas bom, tas boa, tas bom tas boa, tas boom... fiiiixee

Existe a página wiki de Que é hacklaviva.net pra editar a do home no hv.net que é uma coisa. O manual e outra que pretende adicionar ferramentas mas concretas pra uma boa.. melhor.. gestão dum hacklaviva...

Índice

Filosofia e princípios

Tá porreiro pá!
  • No-cost + no-budget = no worries
    • Pensar como se pode realizar actividades e eventos sem dinheiro ajuda imenso à criatividade. Ao restringir o espectro de possibilidades, concentramo-nos no que podemos fazer e torna-se muito mais claro como articular os nossos objectivos com as nossas capacidades.
  • Sujar as mãos é o que faz o mundo andar
    • Conversa é bom, mas Acção é óptimo
  • Tempo gasto com burocracias e formalidades é tempo que não usámos para fazer coisas
    • Problema de concorrer a fundos -- compromisso com um projecto e com determinadas formalidades
  • Ver definição do hacklaviva pra consultar aspectos gerais.
  • Não podense requerir cuota$ de membros pra poder subscribir a lista ou ter alguma chave ou por usar os hardwares. Podense pedir contribuções mínimas em tempo de trabalho de manutenção-desenvolvimento do espaço-projecto. As contribuçõe$ deben ser completamente voluntarias.


Decisões

A lista de correio é a assembleia geral permanente e é propositiva, ou seja: Funciona na base de propostas concretas sobre acções a realizar, de preferência tendo já em conta as exigências práticas da proposta (quem vai fazer, que material é preciso, quanto tempo, etc.).

  • Se ninguém responder num prazo razoável (+- 2 dias):
    • Aprovado, começa a tratar disso
  • Se alguém responder:
    • "Não curto", sem contra-proposta ou explicação
      • Ignora-se
    • "Não curto" com contraproposta
      • Esse passa a ser o novo projecto pendente de aprovação sem que a pessoa que respondeu seja obrigada a coordenar a coisa. Claro que pode haver mais discussão para chegar a uma solução consensual.
    • "Não curto" com explicação
      • Quem fez a proposta original discute o argumento.
      • Quem fez a proposta original volta a reafirmar a sua proposta, adicionando o que fazer caso a sua proposta não seja consensual.
      • Dá-se um tempo para recolher feedback de outras pessoas, havendo um esforço colectivo para chegar a um consenso.

Nos casos omissos ou mais complexos, que envolvam maiores esforços ou uso extensivo de material da casa, recomenda-se a discussão presencial numa das reuniões semanais.

On&Offline Netikette

  • Há que ser amável especialmente com os novos e respeitar o espaço-tempo-trabalho de outros.
  • Antes de iniciar uma conversa com alguém, importa pensar se ela te pode dar atenção nesse momento.


Si achas que elx esta reciptivx presentate e depois inicia diferetes fios de conversa como:

  1. Perguntar pelos interesses em aprender do novo bem-vindo, depois pelas habilidades que tenha e nomear directamente as pessoas com quem possa partilhar mais facilmente.
  2. Mostrar o espaço e outros recursos disponíveis (Falar de coisas presentes neste manual)
  3. Falar de qualquer coisa que estas a fazer agora ou recentemente.
  4. Convidar para uma cerveja, café ou copo de água.
  5. Convidar a que venha quando quiser a fazer o seu trabalho na ou apartir da net do hacklaviva.
  6. Considera criar conversas a 3 o mais si aches que o asunto pode interesar a outros. Esperar a ter ou a seguir a conversa depois quando as outras estão disponiveis pode ser bom na maioria dos casos
  7. Si eres galinha velha, faz como que não. O projecto não é o desenvolvimento de um grupo de amistade, cualquer debese sentir integrado rapidamente sem precisar de elx estar complicemente brincando com piadas com os admins. Não dexes que seja o projecto pessoal de escape do inferno de ninguem. Testa isso amistosamente nao sendo tan amigx dxs que supostamente centralizan assim mas não vajas embora ou fiques a espera de ver como se hunde o barco porque seguramente falando amavelmente sobre as soluções arranjase o problema. Si não fora assim forka sem odio então.

Associação legalizada ou nao.

Não é preciso criar uma associação, mas entra na filosofia do FazloTuMesmo. Si quiseres podes criar uma entidade sem ánimo de lucro e desenvolver projectos éticos preferentemente en troca e nao a cambio de $.

NÃO debese:

  1. Comprometer a autonomia do projecto por um requerimento burocrático. ex: Vanguardizar ou tomar control administrativo do projecto por ser o presidente ou membro convirtendo assim a lógica de lista-asambleia em chat nao propositivo.
  2. Deixar de desenvolver coisas porque não guste as autoridades que poden retirarte o numero de identificaçao fiscal ou porque tenhase uma subvenção e precises que outras pessoas concentrense o seu tempo en isso



Gestão de espaços

Ivspi.jpg

Nesta [definição de espaço comunitário] podes ver como gerir um espaço multitemático. A continuação algumos puntos sobre gestão específica dum espaço usado pra hackingla.


  1. Mesas e partelheiras pra os computadores. É fixe que tenhase o armazem perto mas é mais importante que os espaços mais públicxs tenhan as partelheiras limpas e ordenadas todo o tempo.
  2. Sofas e mesas grandes nos alrededores pra descentralizarse.
  3. Cartazes de explicação de uso básico das maquinas+links.
  4. Zona central das hacktividades-encontros deve ser Sem Fumos.
  5. Ter uma caixinha com as questões do formulario de contacto + papel + canetas.
  6. Decoração com cenas hacker
  7. Acceso a cocinha o forkala. Pode ou nao ser fixa.



Espaços 24/7

Os espaços disponivels 24 horas, 7 dias por semana som uma gran vantagem respecto a os que nao o som.

As pessoas visitantes poden ir la quando sentiren espontaneamente. Moitxs nao voltan nos espaços si van com toda a ilussão e sacrifico e encontrase fechado.. 2-3 veces. nao volto mais...

  1. Não deixar o espaço sozinho.
    1. Alguem morar lá ajuda para abrir a porta sem necesidade de privilegiar a pessoas com chave. (Manual)
    2. Alguem deve estar nas reuniões gerais+lista de coordenação do espaço para coordenar as hacktividades com as outras cenas que acontecen no espaço
      1. O Hackerasmus foi criado com a logica de que haja permanencias transitorias.



Administrações

queres ser admin amigx?
  1. Voluntarixs?
  2. Chaves: (fazlo 24/7 e ninguem precisará de chaves!)
    1. Novxs comunican a lista que queren uma chave.
    2. 2 Padrinxs toman a responsabilidade por elx, si a coisa va mau, xs padrinxs nao voltan a apadrinar durante um tempo.
  3. Wordpress - partilham o password do user "Viva"
    1. Alias de contacto: blog(a)hacklaviva.net
    2. Users publicam novas das actividades que eles querem dinamizar
  4. Wiki - partilham a passw do user "WikiSysop"
    1. Alias de contacto: wiki(a)hacklaviva.net
  5. Listas de discussão. Password d'administração partilhado
  6. Newsletter cada 3 semanas o um mês
    1. Edição
      1. Ascii art
      2. Anunciar actividades a acontecer como Temáticas + Paravras chave + Workshops concretos se estão arranjados. Melhor workshop d'enquadernação com Scribus, etc que workshop com Scribus
      3. ...
    2. Gestão de membros - alias de contacto partilhado newsletter(a)hacklaviva.net


Organisação de encontros e dinamização de actividades

Lolcatpennies.jpg
  • Acceso público. As actividades publicitadas deben ser de acceso gratuito ou no caso do dinamizadorx da actividade querer algums royalties pode:
  1. Pedir en troco tempo de asistença a os asistentes. (10 asistentes=6 minutos cada um máximo requerido)
  2. Pedir dinheiro$ pasando o chapeau sem maus modos e sobretudo sem discriminar as pessoas que não contribuyan.


Ha diferentes modos de organizar actividades. Podes usar páginas wiki (ex: Calendario 2009 + Possíveis actividades) pra preparar actividades para keydays ou pra Copyriots (durante varios dias em diferentes espaços). Podes tambem unirte a convocatorias globais como: hackatons ou o Freedom Day ou outra relacionada.


Pra començar é bom marcar encontros semanais ao mesmo dia da semana sempre(=keyday) a tarde-noite, depois fazer workshops extras específicos noutras dias tambem é fixe. Com no paso das semanas vas a ver si é preciso mudar a dinámica. È importante fazer um esforzo de difusão pra as primeras convocatorias.

Sobre o modo de worshops tratase de procurar sempre conseguer trabalho feito.

  1. Si queres ensinhar Python, traz um desafio teu e faz que o pessoal faza código pra o teu projeto ou explicales erros que fizeste.
  2. Si queres ensinhar como fazer cantennas, propor o desafio de conectar dois puntos que fiquen fixos depois.
  3. ...

(Worshops melhor que apresentações. Acções melhor que workshops).

Procura ajudantes na reserva por si aparecen mais pessoas que nao vas a poder atender bem e distribuye os desafios-trebalhos em grupos.

Se a actividade proposta é uma apresentação podes considerar de marcarla pra hora de jantar, assim comemos e aprendemos ao mesmo tempo.

  1. Ao menos uma actividade cada keyday. Podese convocar como encontros temáticos e assim se calhar alguem mais aparece la no ultimo momento a presentar a sua. Isto é bom si pretendese facer uma convocatoria pra varias semanas com antelação.
  2. A voluntária que quiser facilitar um workshop-apresentaçao-conversa deve enviar a sua proposta de actividade a o contacto geral ou à lista de discussão ou adicionarla na página wiki de Possíveis actividades com uma breve introducção sobre isso que oferece comprometendose a publicar uma nova na website, a resumir o acontecido comentando a nova e documentarla depois na página de Manuais si fora preciso.


Difusão

Intense sun.gif
  1. Multiples Logos. Randomize them.
  2. Mini flyer-cartaz
  3. Business card
  4. Faz forward da newsletter



Gestão do Hardware

vou a instalar a distro hell acá
  • Inputs:
  1. Intentamos centralizar o hardware velho
  2. Recolhemos o hardware através do formulario de contacto geral, desde o alias partilhado hardware@hacklaviva.net ou desde outra institução se temos mais possibilidades.


Recomendamos Debian(Manual) como distro base pra Pentium II or+.

Considera tambem as distros levezinhas pra mais velhos ou limitados e outras distros que gostes si comprometeste a manterlas.


  • Doações:
  1. Computadores para espaços sociais que os precisem e vão deixá-los disponíveis para o público
    1. Adicionar la no computador um Cartaz com "Internet gratis com software livre aqui". hardware.hacklaviva.net
  2. Computadores para África
  3. Podese aplicar a lógica de 'Arranja 4 e fica com o pior de eles pra ti'


  • Lixos:
  1. Como material para experimentação em workshops de electrónica
  2. Decorações
  3. Lixo para os pontos verdes (como último recurso, só em casos de extrema falta de espaço disponível)


Outras cenas

  • Cria uma página na wiki/panel pra pessoal adicionar novas cenas pra fazer que não quera enviar na lista por vergonha ou que
  • Redificarse com outrxs projectos locais e globais pra aproveitar as suas experenças e maximizar trabalhos.
  • Pra fazer fotos-videos, preguntar antes a o pessoal. Entrevistas con medios de comunicação deven ser feitas si temos dereito a copia privada e livre distribução da copia.


Money$ makings

  1. Contribuções voluntarias
  2. Merchandising
  3. ...


Da jeito

Não dá
jlasdfsdffffff sdfa



sdfffffffff sallllllllllllllllllllllllllllll ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss sssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

Outros links

Hackmeeting